7 dicas para o RH manter a produtividade das equipes na pandemia

 

A pandemia da Covid-19 fez com que as empresas tomassem medidas emergenciais para não paralisarem totalmente as atividades. A principal delas foi implementar o home office. No entanto, alguns negócios estão enfrentando desafios para manter a produtividade de funcionários.

Quando estão no escritório, os colaboradores ficam focados em seus projetos mais facilmente. Entretanto, quando estão em trabalho remoto, há muitas distrações, como as tarefas domésticas e até mesmo os filhos. Sem contar as preocupações com a própria pandemia, já que o medo de adoecer ou de algum ente querido ser acometido pode paralisar e prejudicar a produtividade.

Se a sua empresa vem passando por esses desafios, ou você precisa dar uma alavancada nos resultados, preparamos algumas dicas. Acompanhe.

 

1. Faça reuniões periódicas

 

Definir alguns dias e horários para reuniões por videoconferência é uma excelente maneira de manter o contato entre as equipes e a liderança e de manter os funcionários focados no trabalho. Para que não seja um tempo perdido, é importante definir os temas desses encontros e os participantes.

Existem muitos sites, aplicativos e plataformas que podem ser utilizados para isso, e de maneira gratuita. O Zoom e o Google Meet têm sido os mais utilizados nessa pandemia para esse tipo de comunicação. Além de contato com os colaboradores, fazer reuniões com os clientes também é importante e necessário.

O home office pode se tornar um formato de trabalho bastante solitário, principalmente para aqueles que não estão acostumados ou não gostam. Portanto, essas reuniões também mostram como a tecnologia pode ser utilizada para construir e estreitar laços, mesmo em um cenário pandêmico e de isolamento social.

 

2. Invista em tecnologia

 

A produtividade dos funcionários também é resultado dos recursos e estrutura utilizada durante o home office. O investimento em tecnologia será necessário e indispensável em diversos processos e momentos.

Essas ferramentas são necessárias para manter o alinhamento dos processos, não prejudicar os resultados e como apoio nas tarefas. Além de tecnologias para manter os colaboradores conectados, os processos precisam ser cada vez mais automatizados e acessíveis.

Pense no seguinte: no escritório, os funcionários estão em constante contato e podem tirar dúvidas sobre projetos e tarefas diretamente com os responsáveis. Imagine com todos em home office como isso pode ser demorado.

Ao utilizar sistemas, aplicativos ou plataformas para automatizar tarefas e atualizar o andamento do trabalho, basta acessar a ferramenta. Além disso, erros, gargalos e desequilíbrios são evitados. Tudo isso, no final das contas, beneficia a produtividade dos funcionários.

 

3. Faça um planejamento

 

Se o planejamento é importante em rotinas normais de trabalho, imagine em um cenário pandêmico e de trabalho remoto. Um dos aspectos importantes para manter o engajamento, a produtividade dos funcionários e a qualidade do trabalho é planejar todos os passos e objetivos, seja dos projetos, seja das equipes.

Esse é um trabalho que deve ser feito em conjunto, para levantar o cenário atual do negócio, identificar as oportunidades, problemas e impactos da Covid-19 na empresa e as previsões para o futuro do negócio. A partir do planejamento da organização, os colaboradores conseguem definir melhor as suas prioridades e rotina de trabalho.

Powered by Rock Convert

 

4. Estabeleça metas

 

Para evitar atrasos, retrabalhos e problemas na empresa, todos precisam estar alinhados sobre as metas dos projetos, processos e da organização, em geral. Por meio de metas claras, alcançáveis e de acordo com as necessidades e condições do momento, os funcionários organizarão a sua rotina, podem sugerir soluções e listar as prioridades de cada equipe.

 

5. Defina um dia para happy hour

 

Momentos de descontração também são necessários para manter a produtividade dos funcionários e para a motivação. Em cenários normais e antes da pandemia, tirar algumas horas para não falar de trabalho já era importante. Agora, isso se torna quase que necessário.

Na televisão, são mostradas notícias negativas o tempo todo. São números de infectados aumentando, empresas declarando falência e profissionais ficando desamparados e desempregados. No ambiente da empresa, há um clima de incertezas, cortes de equipes e de gastos.

Por isso, momentos livres e leves são necessários para manter o equilíbrio mental e as emoções em dia. O ideal é que isso seja feito às sextas-feiras no fim do expediente, que pode terminar, por exemplo, uma hora mais cedo.

Outra dica é não se esquecer de comemorar, mesmo que de longe, o aniversário dos colaboradores. Como dissemos, esse é um momento que pode desencadear sentimentos de solidão. Então, gestos como esses fazem a diferença e fazem com que os funcionários se sintam valorizados — aspecto esse que é fundamental para o employee experience.

 

6. Cuidado com cobranças em excesso 

 

Cobranças em excesso não tornam os funcionários mais produtivos e focados. Na verdade, têm o efeito contrário e mais negativo possível. Os colaboradores se sentirão sobrecarregados, desvalorizados e apenas ferramentas de trabalho, e não como parte da empresa, principalmente em se tratando de um momento tão delicado, intenso e incerto como a pandemia.

Por isso, o planejamento e a definição de metas se tornam mecanismos fundamentais para evitar que os colaboradores fiquem atolados de trabalho, ou que as tarefas sejam delegadas de maneira muito desequilibrada. Além de prejudicar os resultados da organização, prejudica o seu ativo mais importante: o humano.

 

7. Mensure a qualidade e as ações, e não a quantidade e o tempo

 

A qualidade sempre deve prevalecer em relação à quantidade. Também é importante que as ações e as soluções tenham mais peso do que a quantidade produzida. Para exemplificar, pense nos alimentos e produtos rotulados como caseiros, ou gourmet.

Eles são considerados assim por serem produzidos em menor escala, com mais cuidado e atenção. Ao contrário dos industrializados e feitos em massa, que podem apresentar defeitos e irregularidades. O mesmo vale para as empresas. Não transforme os seus projetos em uma indústria que somente se preocupa com a quantidade. Ao final, o que importa é a entrega de valor e de qualidade.

A produtividade dos funcionários depende de uma soma de fatores. Apesar de haver aspectos pessoais e sociais envolvidos, as empresas podem auxiliar por meio de planejamento, tecnologia e valorização do seu quadro de funcionários.

Gostou das dicas? Elas ajudaram você de alguma maneira? Ajude outras pessoas também! Compartilhe este artigo nas suas redes sociais e mostre a outros gestores, líderes e colaboradores como manter a produtividade em dia em tempos de pandemia e home office.

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *