Como usar a gamificação em processo seletivo? Veja 4 ideias criativas

 

Um dos principais desafios de uma empresa é encontrar profissionais qualificados e que se identifiquem com a cultura organizacional. Para atrair talentos e obter o melhor desempenho dos candidatos, é preciso que os recrutadores adotem métodos inovadores, sendo a gamificação em processo seletivo uma das estratégias principais.

Quer obter os melhores resultados em seu processo de recrutamento? Veja no texto os principais benefícios de adotar a gamificação em processo seletivo e aprenda como usar essa estratégia na sua empresa. Confira a seguir!

 

O que é a gamificação?

 

A gamificação é a utilização de técnicas e conceitos dos jogos digitais em diferentes áreas, como negócios, saúde e vida social. Seu principal objetivo é desenvolver e engajar pessoas ao propor desafios e a conquista de recompensas.

Além de tornar o processo de seleção mais dinâmico e divertido, essa estratégia também permite criar situações semelhantes às exigidas pelo trabalho. Uma ótima oportunidade para que o candidato demostre seus conhecimentos, além de competências e habilidades para chegar aos resultados esperados.

Para que gamificação em processo seletivo funcione, o primeiro passo é definir o perfil ideal para o preenchimento da vaga. Com os objetivos pré-estabelecidos, os games então registram e analisam o desempenho de cada candidato, gerando relatórios precisos sobre os dados coletados.

Além de garantir resultados de forma eficiente, a gamificação oferece ambientes de aprendizagem para os participantes, que têm a possibilidade de conhecer de forma dinâmica as políticas da empresa, vivenciar o ambiente do trabalho e também perceber, já na seleção, se possui as competências e comportamentos desejados para a vaga.

 

gamificação

 

Por que adotar a gamificação em processo seletivo?

 

Alinhada a outros processos de avaliação, como entrevistas e testes, a gamificação proporciona maior interação e engajamento dos candidatos. Também favorece a reputação e construção de uma imagem positiva da organização ao proporcionar maior adesão à sua cultura e valores.

Conheça os principais benefícios da gamificação em processo seletivo.

 

Agilidade na seleção

 

Os jogos permitem a execução de diferentes testes de forma rápida e assertiva. Por meio dos desafios em realidade virtual, é possível mensurar diferentes competências dos candidatos, sendo fundamental que o setor de RH esteja preparado para acompanhar as métricas e dados oferecidos pelos jogos.

 

Atração de talentos

 

Inovação e oportunidade de crescimento são importantes diferenciais para as empresas que querem se tornar cobiçadas entre os profissionais. O uso da gamificação não só aumenta a visibilidade da organização no mercado de trabalho como atrai profissionais capacitados em busca de ambientes desafiadores e criativos.

 

Melhor comunicação entre candidatos e empresa

 

Ao proporcionar o acompanhamento simultâneo do desempenho dos participantes, a gamificação torna a comunicação entre empresa e participantes mais dinâmica, além de agilizar os feedbacks.

 

Possibilidade de simular o ambiente profissional

 

Um dos diferenciais da gamificação em processo seletivo é simular situações cotidianas, que impõem desafios aos colaboradores. O desempenho no jogo permite identificar os profissionais mais habilidosos para as demandas do seu negócio, além de permitir a avaliação do comportamento e de aspectos emocionais.

Essas simulações também podem ser usadas na capacitação dos colaboradores da empresa, tanto para a aquisição de capacidades técnicas como para incentivar a colaboração entre o grupo.

 

Facilidade em analisar perfis

 

Os jogos permitem explorar diversas características do candidato, como raciocínio lógico, criatividade, capacidade de trabalho em equipe e superação. Também possibilitam identificar comportamentos e habilidades, medir conhecimentos e analisar a personalidade, de modo que o recrutador possa medir o nível de adequação de cada perfil à vaga.

 

Maior espontaneidade no processo

 

Por fugir dos moldes tradicionais de recrutamento, essa estratégia permite que os candidatos se sintam mais à vontade na avaliação e se envolvam no processo. Além disso, favorece a espontaneidade, o que possibilita que o resultado seja mais coerente com o real perfil do candidato.

 

Como adotar essa estratégia?

 

Existem diferentes formas de usar a gamificação em processo seletivo. Para adotar a melhor estratégia, é preciso considerar as necessidades da sua empresa, o segmento do negócio e também o perfil do candidato.

Para ajudá-lo nessa tarefa, selecionamos 4 ideias criativas que merecem ser implementadas. Confira!

 

1. Jogos interativos

 

Os jogos interativos auxiliam o candidato a compreender as informações e políticas da empresa de forma divertida e eficiente, além de facilitar o aprendizado do conteúdo.

Também permitem que o candidato experiencie a rotina de trabalho e enfrente os desafios cotidianos da empresa, revelando suas competências e habilidades.

Um ótimo exemplo do uso dos jogos é a rede de hotéis Marriot, que proporciona aos candidatos a experiência virtual de administrar um hotel.

 

2. Competições criativas

 

Uma forma de estimular os candidatos é propor competições. Para isso, o processo seletivo deve ser realizado com mais de uma pessoa, sendo as atividades pontuadas de modo que os profissionais sintam-se estimulados a ultrapassar os outros “competidores”.

Vencer a competição não significa conseguir a vaga, no entanto, auxilia a empresa a traçar o perfil dos profissionais — capacidade de trabalhar em equipe, criatividade, cordialidade, inovação etc.

 

3. Apresentação dinâmica

 

Além de tornar a apresentação mais divertida, o uso de cartas com perguntas relacionadas às competências pessoais consegue deixar os candidatos mais livres para expor seus conhecimentos sem recorrer aos discursos ensaiados.

 

4. Gincanas virtuais

 

Por meio de situações cotidianas, as gincanas virtuais permitem que o recrutador avalie a capacidade de trabalho em equipe do candidato e como ele lida com prazos, interpretação de tarefas e expressa sua criatividade.

Como vimos no texto, a gamificação em processo seletivo é uma estratégia fundamental para as organizações que querem atrair os melhores profissionais para o seu negócio. Permite não só maior engajamento dos candidatos, como também favorece a reputação da empresa e a inserção dos funcionários na cultura organizacional.

No entanto, para adotar a gamificação em sua empresa é importante contratar um fornecedor confiável e especializado, que crie um projeto lúdico e ao mesmo tempo eficiente, considerando as expectativas da instituição, a cultura empresarial e os objetivos da ação.

Agora que você já conhece os benefícios da gamificação em processo seletivo e como usá-la, continue a leitura do blog e entenda a importância dos treinamentos para o desenvolvimento dos seus profissionais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *