E-learning para onboarding: como obter sucesso com essa prática?

 

E-learning para Onboarding

 

Como engajar um colaborador desde seu primeiro momento na empresa? Atualmente esse é um dos principais desafios de gestão, e bons resultados podem ser alcançados com o uso do e-learning para onboarding.

A integração do funcionário figura como um dos fatores centrais para seu bom desempenho dentro da equipe. Por isso é importante dedicar esforços e traçar uma estratégia eficiente para o onboarding.

Você se interessa pelo assunto e quer saber como o e-learning tem capacidade de ajudar nesse processo? Basta continuar conosco por aqui. Boa leitura!

O que são e-learning e onboarding?

 

Para começar é preciso entender do que estamos falando. O conceito de e-learning se refere à aprendizagem por meios eletrônicos e, em geral, à distância. Esse modelo de ensino tem sido cada vez mais empregado no ambiente corporativo por conta de seus inúmeros benefícios, como:

  • mobilidade, com uso de plataformas digitais como tablets e celulares;
  • maior índice de engajamento com o treinamento;
  • treinamento de um número irrestrito de pessoas;
  • nenhuma necessidade de ocupar espaços físicos ou horários específicos do dia;
  • conteúdo mais atrativo, valendo-se de vídeos, games, chats e outras ferramentas;
  • aumento da motivação dos colaboradores.

Com treinamentos e-learning, a empresa consegue desenvolver pessoas de forma muito mais versátil, a qualquer hora, em diversas plataformas e com a possibilidade de autonomia entre os funcionários.

Já o termo onboarding está ligado ao processo de integração de novos colaboradores a uma organização. Ele é fundamental para que o profissional se sinta parte daquele novo ambiente e compreenda as dinâmicas, como:

  • missão, visão e valores da organização;
  • código de conduta e de vestimenta;
  • benefícios do cargo;
  • responsabilidades e atividades dentro da equipe;
  • hierarquia corporativa.

São muitas informações que não devem ser deixadas de lado. Ao mesmo tempo, pode-se adotar uma maneira mais dinâmica de repassá-las aos novatos, e é usando ferramentas de e-learning para onboarding que sua gestão consegue isso.

Como usar o e-learning como ferramenta de integração?

O processo de onboarding ganhou bastante valorização dentro de ambientes corporativos. Explica-se: gestores, em parceria com o RH, têm buscado meios de engajar os colaboradores desde seu primeiro contato com a empresa.

Tal engajamento ocasiona um maior senso de satisfação e propósito aos profissionais. Assim eles trabalham em alta performance, produzindo melhores resultados em conjunto.

Porém, ao invés de continuar adotando meios tradicionais para o processo de integração de pessoas, que tal usar meios digitais? Veja a seguir como a metodologia de-learning para onboarding pode ser uma ferramenta estratégica.

 

 

Definição de objetivos claros

 

Alinhar todos os funcionários à visão e aos objetivos da gestão é muito importante para maximizar o desempenho. Mas nem sempre isso é fácil, principalmente quando falamos de grandes empresas com múltiplas sedes.

Um método que alcança a todos com linguagem unificada e discurso claro é uma das chaves para que a comunicação aconteça de modo eficaz para novos colaboradores.

Consideração da cultura da empresa

 

Uma cultura organizacional sólida consiste em um dos caminhos para que uma corporação cresça de forma saudável, com uma boa imagem interna e externa.

Ela reúne os valores compartilhados pelos membros da instituição e, por isso, é tão relevante que todos absorvam por completo a cultura da empresa.

Esse não deve ser um treinamento de um dia, mas sim algo constantemente difundido entre os funcionários. Nesse aspecto, o e-learning para onboarding também possibilita que a gestão alcance seus objetivos.

Treinamento de um grande número de pessoas

 

Fazer com que um grande número de pessoas atinja o mesmo nível de treinamento e assimilação de informações é desafiador para o RH. Imagine precisar juntar todos os novos membros do time em uma sala após um recrutamento?

Disponibilizar um treinamento por e-learning, seja para integração de funcionários, atualização de normas ou desenvolvimento de habilidades, garante um resultado bem mais objetivo, já que cada profissional sente que recebe um tratamento individualizado.

Otimização do tempo

 

É preciso considerar, ainda, o fator tempo quando falamos de integração de funcionários. O RH de uma empresa que contrata com frequência necessita constantemente interromper o trabalho para conduzir o onboarding.

Em alguns casos, o novo contratado deve esperar alguns dias para passar pelo treinamento, ficando deslocado e sem produzir por um período. Isso prejudica o funcionamento da equipe, mas pode ser solucionado com um modelo que permita ao profissional ter acesso às informações desde o primeiro momento na empresa.

Atualização de conteúdos

 

Treinamentos feitos com apostilas impressas apresentam um grande desafio para atualização. É preciso reescrever e reimprimir todo o material, gerando gastos de tempo e de recursos financeiros.

Usar o e-learning para onboarding é uma solução, além de mais flexível e aberta para mudanças pontuais, muito mais sustentável, o que conta pontos para a imagem da corporação.

Avaliação de resultados

 

Treinamentos por e-learning oferecem ainda um meio mais assertivo para a avaliação. É possível integrar ao conteúdo testes e provas que assegurem o entendimento do material.

Esse modelo de avaliação também deixa de lado possíveis parcialidades de uma análise humana, dando mais confiabilidade ao processo e permitindo que os resultados sejam reunidos e mapeados posteriormente.

Como implementar o e-learning para onboarding?

 

Se sua organização já conta com uma plataforma LMS, é ela que irá hospedar um treinamento de onboarding. Essa metodologia apresenta aos novos colaboradores o ambiente digital onde eles poderão se desenvolver e encontrar conhecimento para atuar melhor.

O treinamento de e-learning para onboarding pode conter todas as informações necessárias para o início do trabalho do profissional. Portanto, exige planejamento em parceria com o setor de comunicação e de RH.

Ele também tem capacidade de integrar diversas tecnologias para se tornar mais dinâmico e acessível a todos os públicos. Use vídeos, aúdios, games, animações e questionários para apresentar o conteúdo de forma diversa.

Por fim, é importante criar momentos físicos nos quais o contato com as pessoas complemente o aprendizado digital. Assim a relação entre empresa e colaborador começa da melhor maneira possível.

Esperamos que este conteúdo ajude sua gestão a otimizar o processo de integração de funcionários, deixando-o mais atrativo e engajador. Usar o e-learning para onboarding é uma tendência que vem transformando o modo que novos talentos enxergam a experiência na empresa.

O e-learning não é estratégico apenas para treinamentos onboarding. Aproveite que está por aqui e veja também como ele pode ser usado para um treinamento de compliance!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *