Como melhorar o clima organizacional da sua empresa?

Quatro pessoas tampando o rosto, cada uma com uma máscara representando um sentimento que configura um clima organiacional
5 minutos para ler

Um ambiente de trabalho saudável, com um bom clima organizacional, faz toda a diferença na hora de reter os talentos da empresa. Até porque, ter colaboradores motivados não é só uma questão salarial. É claro que o fator dinheiro é importante, afinal, ninguém trabalha de graça e todos precisamos pagar contas.

Mas, acima de tudo, o local onde o funcionário passa a maior parte do dia precisa ser agradável. Se não for assim, se ele não se sentir confortável, a tendência é a desmotivação. Como consequência, a queda da produtividade.

E o que é esse tal “clima organizacional”?

Antes de mais nada, diferente da cultura organizacional – que envolve os valores, os comportamentos e as crenças da empresa -, o clima organizacional tem a ver com os modelos de gestão que são aplicados. Isto é, a percepção de todos os colaboradores quanto à organização. As experiências que um funcionário passa dentro de um fluxo de trabalho, atendendo as demandas e como elas são delegadas, podem criar uma impressão boa ou ruim, assim como favorecer ou não o clima do espaço compartilhado. Afinal, um ambiente hostil, com gestores despreparados, desrespeito e comunicação deficiente não contribuem de forma positiva para que o clima organizacional seja agradável.

Quais são os indicadores que devem ser avaliados?

Há muitas maneiras de identificar se o clima organizacional está bom ou não. A área de Recursos Humanos ou até mesmo o gestor deve ficar atento a alguns sinais, como:

Absenteísmo
Quando qualquer situação vira motivo para se ausentar do trabalho é hora de acender o alerta. A desmotivação e conflitos internos na equipe podem ser alguns fatores ocasionais.

Turnover
Empresas que têm um alto índice de turnover, ou seja, funcionários entrando e saindo com frequência, precisam prestar atenção, principalmente, no processo seletivo. É quando falamos sobre o famoso ‘fit cultural’. Se a contratação não for bem sucedida, as chances do colaborador não se adaptar à cultura e ao clima organizacional da empresa são grandes.

Feedback
Dar um retorno ao colaborador sobre a sua produtividade é de extrema importância para incentivá-lo e mostrar reconhecimento. A falta de feedback pode influenciar bastante no clima organizacional.

Presenteísmo
É quando o funcionário comparece no local de trabalho, mas sua mente não está ali. Isso provoca uma incrível queda na produtividade e no rendimento. Uma série de situações pode provocar o presenteísmo, como: dores, mal-estar, cansaço, pressão, sobrecarga nas atividades e o não reconhecimento profissional.

Como melhorar o clima organizacional da sua empresa?

Os colaboradores que têm suas habilidades e competências desenvolvidas tendem a executar suas tarefas com mais velocidade e eficiência. Isso também contribui para a autoconfiança. Da mesma forma, colabora com o clima organizacional da empresa, uma vez que os funcionários entendem que executam suas atividades em um ambiente que promove satisfação.

Uma empresa que adota práticas de desenvolvimento pessoal e profissional de seus colaboradores, assim como se preocupa com a ascensão profissional de seu time só tem a ganhar, recebendo de volta, os melhores resultados para os seus negócios.

É através da educação corporativa, onde o principal objetivo é proporcionar crescimento ao colaborador e à empresa, que o clima organizacional pode ser melhorado. Portanto, invista em:

  • Oferecer uma boa estrutura para o trabalho;
  • Criar políticas de benefícios
  • Treinamento e desenvolvimento dos funcionários, em todos os níveis hierárquicos.

Ao perceberem que a empresa realmente se preocupa com o seu desenvolvimento, os colaboradores se sentem motivados e fomentam nos colegas de equipe o desejo de agirem da mesma maneira.

Como realizar a pesquisa?

A área de Recursos Humanos ou o gestor já percebeu a necessidade de avaliar o clima organizacional, certo? Mas como? A pesquisa de clima colabora para identificar os pontos de melhoria e os talentos que valem a pena ser treinados e desenvolvidos. Não hesite em produzir um material com perguntas óbvias e nem tenha receio das respostas. O objetivo é justamente conhecer o seu funcionário e entender o que ele pensa.

O principal foco da pesquisa de clima organizacional é entender as necessidades e anseios dos colaboradores. A partir daí, será possível criar um ambiente de trabalho mais saudável, com a elaboração de treinamentos específicos para cada área e setor, do estagiário ao diretor da empresa, se for preciso.

Lembre-se que um bom clima organizacional afeta diretamente na produtividade da sua empresa. Mostre aos seus funcionários, de maneira clara e honesta, que o principal objetivo da pesquisa é realizar mudanças de forma positiva. Isso contribui para que o colaborador responda as perguntas de maneira sincera. Sabe por quê? Porque suas respostas serão levadas em consideração.

Então, identificou situações semelhantes na sua empresa com alguns pontos citados neste texto? Quer realizar uma pesquisa de clima organizacional? Temos uma equipe especializada e profissional capaz de elaborar planos de treinamento e desenvolvimento dos seus colaboradores de maneira estratégica, sempre focada em resultados. Confira nossos cases.

Você também pode gostar

Deixe um comentário