Você sabe o que é e qual é a importância do fit cultural?

Quatro peças de quebra-cabeça sendo encaixadas por várias mãos
4 minutos para ler

Imagine um quebra-cabeça. Para ser montado, todas as peças precisam se encaixar, não é? O fit cultural funciona exatamente igual: o colaborador é a peça e o quebra-cabeça, no caso, é a cultural organizacional da empresa.

Encontrar esta peça com encaixe perfeito é um desafio que a área de Recursos Humanos enfrenta constantemente. A pessoa certa no lugar certo é o “mundo ideal” para qualquer gestor. Portanto, neste artigo, você vai entender:

O que é fit cultural?
Quais são seus benefícios?
Como mensurar o fit cultural do candidato?

O que é fit cultural?

Quando o colaborador se enquadra à cultura organizacional da empresa, ou seja, se identifica e atende as expectativas quanto aos valores da organização, as atitudes e o tratamento para com o cliente, podemos dizer que ele tem um bom fit cultural. É o que poderíamos chamar de química entre o colaborador e a empresa.

Nesse sentido, é essencial que a área de Recursos Humanos identifique o fit cultural do candidato. Assim, haverá mais chances de assertividade no processo de recrutamento e seleção. As oportunidades de crescimento também são maiores quando um colaborador pensa e age de forma similar à empresa. Afinal, você consegue imaginar um profissional que “pensa fora da caixa” e tem ideias inovadoras trabalhando em um ambiente totalmente burocrático e conservador? Possivelmente não, uma vez que o resultado será um funcionário com rendimento abaixo da média e limitações.

Logo, o fit cultural nada mais é do que a cultura do candidato (crenças, atitudes, valores, comportamentos) alinhada à cultura da empresa.

Quais são seus benefícios?

Não é difícil apontar os benefícios de um bom fit cultural do candidato. Quando o ambiente de trabalho é composto por funcionários que acreditam que suas habilidades estão sendo bem aproveitadas, que pensam e estão de acordo com o clima organizacional, o resultado tende a ser positivo. Isso é proveniente de um bom fit cultural, ou seja, o alinhamento entre os valores da empresa e do candidato. Entenda alguns dos benefícios:

Retenção de talento e queda de rotatividade (turnover)

Em outras palavras, se o candidato é contratado para estar na função certa, se encaixando perfeitamente com a cultura da empresa, isso aumenta a satisfação e a motivação profissional. Resultado: há menos chances de ocorrer a saída voluntária deste profissional.

Sintonia e melhores resultados

O funcionário que se conecta à cultura organizacional da empresa oferece seus talentos pessoais entregando resultados de alto desempenho. Isso porque ele acredita na missão e valores da organização.

Como mensurar o fit cultural do candidato?

Para atrair candidatos de acordo com a vaga oferecida é essencial, primeiramente, expor os valores da empresa. Isso mesmo! Expor essas informações na publicação da vaga, no blog corporativo e, inclusive, nas redes sociais já elimina quem não se identifica com a cultura organizacional proposta.

Dessa forma, há diversas maneiras de selecionar os candidatos ainda no início do processo de recrutamento. Formulários com perguntas e respostas, testes gamificados e experiências inovadoras podem ser algumas opções.

Embora esta seja uma forma de abolir da lista candidatos não qualificados, é importante, acima de tudo, envolver a participação de um superior imediato do cargo nas entrevistas e dinâmicas. Assim, ele poderá identificar aquele que tem mais sinergia à equipe.

O fit cultural na entrevista

A contratação de um bom profissional deve estar além de uma avaliação curricular. Uma entrevista de emprego não deve considerar apenas a trajetória e experiências profissionais do candidato. Até porque, muitas vezes, o profissional tem um currículo excelente, mas não há sintonia entre ele e a cultura organizacional. É neste quesito que deve ser considerado o fit cultural e as famosas perguntas durante a entrevista que avaliam o perfil do pretendente à vaga. Confira alguns exemplos:

  • Você tem prazos reduzidos para a execução de suas tarefas. Como você lida com isso?
  • O que o motiva acordar diariamente e ir trabalhar?
  • De que maneira você administra conflitos no seu ambiente de trabalho?
  • Se você puder escolher, prefere trabalhar sozinho ou em equipe?

Atualmente, cada vez mais as empresas buscam colaboradores que estejam totalmente alinhados aos valores propostos. Assim, realizar uma análise do perfil comportamental, assim como conhecer a forma como os candidatos agem em determinadas situações de trabalho colaboram para identificar se eles combinam ou não com a cultura organizacional da empresa.

Entendeu por que é importante analisar e considerar o fit cultural do candidato? Se você precisa modernizar o processo de recrutamento e seleção da sua empresa com ideias inovadoras e programas de treinamento, entre em contato com a EADSKILL e conheça as melhores opções.

Você também pode gostar

Deixe um comentário