Blended learning: Saiba o que é e como utilizá-lo

 

Não é novidade que tanto treinamentos presenciais quanto aqueles realizados à distância (EaD) apresentam lados positivos e negativos. Para lidar com seus desafios e aproveitar o melhor das duas opções, muitas empresas estão investindo no blended learning, ou ensino híbrido.

Esse modelo de ensino corporativo visa minimizar os problemas e desvantagens de cada um dos formatos de educação, garantindo um projeto de aprendizado mais eficiente e otimizado, que melhor se adapta às necessidades dos colaboradores da empresa.

Quer saber mais sobre o assunto? Neste artigo, apresentamos as principais informações sobre o blended learning, mostrando seus benefícios e como adotar esse modelo de forma eficiente no seu negócio. Confira!

 

Afinal, o que é blended learning?

 

O blended learning também é conhecido como b-learning, ensino híbrido ou misto. Ele pode ser entendido como um modelo de educação corporativa que mistura dois tipos de aprendizado: presencial e a distância.

O objetivo desse modelo é criar um projeto de educação corporativa mais otimizado e eficiente. Para isso, ele minimiza os desafios e aspectos negativos de treinamentos presenciais e a distância, ao mesmo tempo em que aproveita seus benefícios.

Normalmente, sua realização é feita com apoio de tecnologia, como uma plataforma LMS (Learning Management System). Essa ferramenta facilita a criação de Trilhas de Aprendizagem, bem como a produção e disponibilização de materiais educativos para seus usuários, que podem ser utilizados no aprendizado digital ou presencial.

 

Como ele funciona na prática?

 

O blended learning pode ser utilizado em duas estruturas de ensino: síncrono e assíncrono. Apresentamos melhor cada uma delas, a seguir!

 

Estrutura de ensino síncrono

 

No modelo de ensino síncrono os participantes de um treinamento devem fazer sua realização em conjunto, ou seja, todos aprendem no mesmo momento. O objetivo dessa prática é incentivar a troca entre eles, promovendo interação, discussão, engajamento, resolução de problemas e atividades que acontecem melhor em grupo.

Esses momentos podem acontecer de forma presencial ou a distância, por meio de workshops, eventos de capacitação, fóruns, bate-papos, salas de treinamento, webinars e outros meios físicos ou digitais. A única regra é que todos estejam participando ao mesmo tempo.

 

Estrutura de ensino assíncrono

 

A segunda estrutura segue o caminho oposto do modelo anterior, ou seja, seus participantes não realizam o treinamento de forma conjunta, e sim, individual. Para isso, todo o conteúdo e materiais necessários para realizar um treinamento são entregues ao usuário, de forma física ou digital.

O objetivo desse tipo de aprendizado é garantir que as características de desenvolvimento do usuário, bem como sua rotina, sejam respeitadas, permitindo que eles consigam conciliar ensino com as atividades de trabalho.

A flexibilidade da estrutura assíncrona tende a facilitar a assimilação do conteúdo e a participação em treinamentos, gerando melhor aproveitamento dos materiais. A prática normalmente é realizada de forma digital, com uso de plataformas LMS, porém, nada impede que ela seja oferecida no modelo presencial.

Não existe uma regra para limitar o uso das duas estruturas, na realidade, muitos projetos de educação corporativa se valem de ambos para otimizar o desenvolvimento dos profissionais e oferecer momentos de aprendizado personalizados e individuais, bem como integrados e participativos.

 

blended learning

 

Quais suas principais vantagens?

 

O modelo de ensino híbrido apresenta diversos benefícios para o desenvolvimento dos colaboradores. Entre eles, estão:

  • aumento do engajamento e da participação entre os colaboradores, decorrente da integração promovida em treinamentos síncronos;
  • desenvolvimento de um time mais interdisciplinar com a troca de informações e experiências entre os colaboradores;
  • formação de aprendizado coletivo pelo desenvolvimento conjunto dos profissionais;
  • economia de gastos com a possibilidade de treinar várias pessoas ao mesmo tempo;
  • possibilidade de adotar diferentes modelos de aprendizado, acompanhando as tendências do mercado;
  • humanização de projetos digitais pela adoção de atividades de interação e troca entre os usuários;
  • facilidade em personalizar o conteúdo de acordo com as necessidades de cada um;
  • possibilidade de mensurar os resultados e aplicar avaliações mais eficientes.

Essas são algumas das vantagens promovidas pelo blended learning. O uso eficiente desse modelo de ensino permite que as empresas otimizem sua estratégia, melhorando o retorno dos investimentos feitos e criando uma cultura de desenvolvimento contínuo entre os profissionais.

 

Como adotar o blended learning?

 

Depois de conhecer os benefícios de usar uma estratégia de aprendizado misto, é necessário saber como adotar esse modelo de forma correta. Não existe uma regra para qual deve ser a distribuição entre atividades presenciais ou a distância, assim como para o uso de atividades síncronas ou assíncronas.

Algumas empresas usam o formato digital apenas para realizar avaliações e deixam todo o desenvolvimento do ensino para momentos presenciais, outras preferem realizar todas as atividades assíncronas numa plataforma LMS e usar práticas síncronas apenas para conteúdos específicos, realizados de forma presencial.

O ideal é adequar o projeto de educação corporativa conforme as necessidades da empresa e características de seus colaboradores. Além disso, apesar da flexibilidade do modelo, é preciso seguir alguns passos para conseguir aproveitar seus benefícios.

 

Definição de objetivos de aprendizagem

 

Antes de começar um projeto de ensino corporativo, é importante entender as reais necessidades de desenvolvimento, ou seja, quais conteúdos e práticas precisam ser apresentados aos colaboradores para que os objetivos da corporação sejam atendidos.

Para isso, é indicada a realização de um diagnóstico e mapeamento das necessidades da equipe, identificando os gaps de conhecimento entre os colaboradores, além de suas características de aprendizado, ou seja, como eles melhor consomem materiais de ensino.

 

Escolha de mídias, técnicas e métodos de ensino

 

Com base nas informações coletadas no primeiro passo, é possível identificar quais os objetivos de ensino do projeto e quais materiais, técnicas, metodologias e tipos de treinamento podem ser utilizados para isso.

Nesse momento, é importante avaliar o orçamento disponível e como ele pode ser melhor aproveitado no desenvolvimento do material e implementação da estratégia. Alguns tipos de treinamento custam mais que outros, além de gerarem maior alcance — como o e-learning e ferramentas LMS.

 

Desenvolvimento de conteúdo e material

 

Com uma estratégia bem estabelecida, é o momento de colocar a mão na massa e produzir o conteúdo de cada treinamento da estratégia. Aqui, podem ser usadas empresas parceiras, especializadas na prática.

Além disso, é possível reaproveitar materiais já existentes na organização, adaptando seu conteúdo para o formato escolhido no planejamento. Essa prática reduz o custo de produção e o tempo gasto com ela.

 

Implementação, monitoramento e otimização

 

Por fim, é importante ter um cronograma de implementação das ações, fazer seu acompanhamento e mensurar resultados. Assim, é possível otimizar cada atividade, alterando aquilo que não alcançar os objetivos do projeto, garantindo mais retorno para a empresa.

Fica evidente que o blended learning é uma ótima opção para companhias que desejam otimizar sua estratégia de desenvolvimento interno. Quando implementado de forma correta, o ensino misto promove muitos benefícios para o negócio, bem como para seus colaboradores.

Além disso, por unir o melhor do ensino presencial e a distância, a prática é considerada uma das principais tendências da educação corporativa. Assim, empresas que fazem sua adoção acompanham o mercado e não ficam para trás no desenvolvimento de seus profissionais.

Gostou de conhecer mais sobre o blended learning? Então não se esqueça de assinar nossa newsletter e receba conteúdos como este no seu e-mail!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *