O que é u-learning? Veja como funciona e quais as vantagens

 

U-learning

 

Em uma sociedade globalizada, as pessoas estão cada vez mais conectadas por meio de dispositivos móveis. As novas tecnologias alteram não só o modo de acesso à informação — mais rápido e na palma da mão — como também modificam as formas de conhecimento.

A educação, antes restrita aos sistemas formais de ensino, ganha novos contornos, sendo o objetivo do u-learning criar um espaço de aprendizado disponível a qualquer momento e em qualquer lugar.

Esse pensamento desafia uma visão tradicional de educação centrada na relação tutor-colaborador e encara o indivíduo como corresponsável pela aquisição de conhecimento.

Para além do campo educacional, o u-learning — em português, aprendizagem ubíqua — pode ser adotado de forma estratégica por colaboradores e empresas que desejam investir no desenvolvimento e qualificação profissional.

Veja neste conteúdo o que é u-learning e descubra quais as principais vantagens de adotar essa forma de aprendizagem no seu negócio. Confira!

 

O que é U-learning?

 

Abreviação do termo ubiquitous learning (aprendizado ubíquo), o u-learning é uma modalidade da Educação à Distância (EaD) ancorada nos dispositivos móveis, como smartphones, tablets e notebooks. Seu conteúdo completamente virtual facilita o processo formativo, que é adaptado às necessidades do indivíduo e à sua disponibilidade.

A aprendizagem ubíqua não depende da figura de um tutor, sendo seu principal objetivo criar um ambiente de aprendizado autônomo, no qual o participante se sinta completamente envolvido e disponível não só para aquisição de conhecimento como também para o compartilhamento de ideias.

Além disso, essa modalidade de ensino exige mudanças na própria forma do indivíduo de compreender seu processo de instrução.

Como destaca Patrícia Grasel, “aprender utilizando tecnologias móveis é aprender em processos de mobilidade e ubiquidade, o que implica abrir-se às potencialidades que esses objetos oferecem, envolve aguçar o senso de observação do entorno para perceber tais possibilidades, ser autônomo e autor do seu processo de aprender”.

Apesar de se desenvolver em um ambiente virtual, sendo comum o uso de blogs, fóruns, redes sociais e chats, a aprendizagem ubíqua pode incorporar qualquer meio tecnológico, inclusive, mídias tradicionais, como a televisão, o rádio ou cinema.

No texto, u-Learning: la revolución del aprendizaje, Lola Carmona e Francisco Puertas destacam cinco importantes características do aprendizado ubíquo, que destacamos a seguir:

 

  • acessível: todos os conteúdos formativos são virtuais, o que permite seu acesso a todo momento e em qualquer dispositivo;
  • permanente: as atividades formativas são coletadas e armazenadas de modo que o colaborador possa consultá-las posteriormente no processo de aprendizagem;
  • colaborativo: os participantes não estão sozinhos — podem comunicar-se, relacionar-se e aprender com os colegas de estudo, formadores e também especialistas, seja de forma simultânea ou não;
  • contínuo: o aprendizado deve fazer parte do cotidiano do indivíduo, ou seja, é um processo contínuo, que se estende ao longo da vida;
  • natural: a interação diária com a tecnologia permite que a aquisição de conhecimento ocorra de forma natural, tornando o processo quase invisível para o participante.

 

Quais são as vantagens da aprendizagem ubíqua no ambiente corporativo?

 

Diante das constantes mudanças no mercado de trabalho, surgem também novas demandas profissionais, que exigem dos indivíduos uma formação contínua.

Para enfrentar as novas situações de empregabilidade, já não basta dominar uma função, é preciso também desenvolver diferentes competências e habilidades pessoais — como boa comunicação, capacidade de trabalhar em equipe e de resolver conflitos —, que ajudem o profissional a se adaptar ao ambiente corporativo.

Mais do que necessário aos colaboradores, o processo de formação é também benéfico para a empresa — afinal, colaboradores qualificados produzem mais e melhor. Por isso, criar uma cultura organizacional que valorize o aprendizado é fundamental para motivar os funcionários a desenvolver de forma orientada ou autônoma as competências e conhecimentos que são essenciais para o seu negócio.

Uma das formas de incentivar a cultura do aprendizado é a oferta de oportunidades de capacitação por parte da própria organização e, nesse sentido, o u-learning facilita o processo, pois dá a liberdade para que os funcionários escolham quando e onde estudar, além de poderem determinar seu próprio ritmo de aprendizado.

Além disso, seu caráter colaborativo pode ser adotado como estratégia para que os profissionais dialoguem entre si, troquem experiências e também conhecimentos.

Diferentemente dos modelos tradicionais de treinamentos presenciais, que oferecem opções preestabelecidas e têm duração determinada, a aprendizagem ubíqua é personalizada e oferece a cada indivíduo diferentes possibilidades de enriquecimento de seu repertório de conhecimento.

Cabe destacar ainda que, como o aprendizado ubíquo se dá a partir de diferentes tecnologias, a adaptação é facilitada, pois o participante pode escolher um dispositivo que tem mais familiaridade. Isso contribui não só para a agilidade do processo, como também torna o conhecimento mais acessível, dando ao profissional autonomia para administrar seu tempo ocioso para tirar dúvidas e aprender mais.

 

 

Como implementar o u-learning na sua empresa?

 

Por ser uma modalidade de ensino em pleno desenvolvimento no ambiente corporativo, ainda não existe um padrão de funcionamento do u-learning. No entanto, é possível indicar alguns recursos que você pode usar para incentivar a aprendizagem ubíqua na sua empresa.

 

Site

 

O site de uma organização é seu canal de comunicação com o público externo e também pode servir como suporte para que os funcionários e parceiros aprendam sobre ela.

Criar um texto institucional que deixa claro sua missão e valores não só contribui para o fortalecimento da cultura organizacional como ajuda a equipe a conhecer melhor a empresa que trabalha.

Além disso, é fundamental que o site auxilie os funcionários a solucionar dúvidas sobre a organização, como os serviços prestados, sua abrangência geográfica, número de funcionários etc.

 

E-mail

 

Para além da comunicação interna e externa, o e-mail corporativo pode ser usado para enviar conteúdos úteis para seus colaboradores, como notícias e estudos relacionados ao seu negócio.

Divulgue também oportunidades de cursos e treinamentos. Envie links de palestras e capacitações disponíveis on-line. Outra ótima opção é criar uma newsletter, que ofereça informações periódicas e atualizadas sobre a empresa.

 

Conteúdo colaborativo

 

Os conhecimentos de seus colaboradores podem enriquecer o u-learning. Torne sua empresa mediadora dessa aprendizagem, oferecendo uma plataforma oficial de interação, como blogs, chats e fóruns de discussão, na qual os funcionários se sintam corresponsáveis pela produção e atualização do conhecimento.

 

Empresa especializada

 

Contar com a assessoria de uma empresa especializada em educação corporativa à distância pode ajudá-lo a encontrar as melhores formas de inserção de seus funcionários na aprendizagem ubíqua.

Além de garantir um conteúdo de qualidade e personalizado para sua equipe, uma empresa especializada também ajudará a definir qual o melhor sistema de aprendizagem para a eficiência do seu treinamento.

Somado a isso, o treinamento móvel reduz os custos e agrega valor para sua empresa, já que os funcionários se sentem mais valorizados — o que também contribui para a retenção de talentos.

Neste conteúdo, mostramos que uma formação corporativa de qualidade não se restringe aos sistemas formais de educação, sendo o u-learning um método de ensino-aprendizagem acessível, dinâmico e também adaptável às diferentes necessidades do seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *