Trabalho híbrido: 3 maneiras de ser produtivo

Funcionário de máscara em um ambiente de escritório simulando o trabalho híbrido
4 minutos para ler

Embora ainda estejamos vivendo num cenário pandêmico, como parte da população está vacinada, muitas empresas estão adotando o modelo híbrido de trabalho. Sobretudo, depois de mais de um ano adaptando-se às mudanças, com o estilo home office, a verdade é que muitos colaboradores passaram a valorizar os seus escritórios de casa. Afinal, o trabalho remoto promove qualidade de vida para quem, antes da pandemia, passava muito tempo no deslocamento entre casa e trabalho. Hoje, o “work from home” aumenta a disponibilidade para a família e oferece horários flexíveis.

Por outro lado, o trabalho remoto pode ser repleto de distrações, dificuldades técnicas e até mesmo solitário. Há quem sinta falta da espontaneidade de um ambiente de escritório. Pensando nisso, algumas organizações têm experimentando a flexibilidade de horários do modelo de trabalho híbrido. O funcionário pode combinar entre o home office e a sua ida ao escritório algumas vezes por semana.

 

Como aproveitar bem o tempo no modelo híbrido de trabalho?

Preparamos para este artigo, três maneiras pelas quais as ferramentas e práticas de e-learning podem ajudar a apoiar uma continuidade de experiências e treinamentos para trabalho híbrido. Continue a leitura.

Celular

O celular é um acessório que faz parte da vida de todos nós. Levamos o aparelho para todos os lugares e até sentimos falta se, por algum motivo, o esquecemos em casa. O e-learning projetado para funcionar bem em dispositivos móveis ajuda a garantir a experiência perfeita para trabalhadores que se encontram no modelo híbrido.

É importante que a ferramenta escolhida para o treinamento seja responsiva, ou seja, adaptada para as telas dos smartphones. É claro que a boa aparência conta e muito de forma positiva, mas não é suficiente. Adote mecanismos e recursos que promovam uma experiência eficiente dentro da plataforma.

Lembre-se: nem todo mundo utiliza o laptop ou desktop como principal dispositivo de aprendizagem. Por este motivo, é necessário considerar o tamanho menor da tela do celular como a forma que a maioria dos colaboradores visualizará e interagirá com o conteúdo.

Use artifícios que possam facilitar a leitura e o processo, como quebrar os textos em pequenos pedaços  e usar termos de “toques” no lugar de “cliques”.

A detecção de movimento também contribui para uma análise da velocidade do deslocamento do colaborador. Com isso, é possível preparar um treinamento baseado em áudio, possibilitando o aproveitamento do tempo de percurso casa x trabalho.

Sem contar a utilização da inteligência artificial e notificações que podem colaborar e lembrar o funcionário de concluir uma aula.

Escritório virtual

Para quem se encontra em um modelo híbrido de trabalho é bacana ter à disposição uma plataforma LMS. Com ela é possível gerenciar e aprender em um só lugar. Há oportunidades de incluir materiais nos mais diversos formatos digitais, acompanhar a evolução do treinamento e emitir certificados.

Criar um ambiente que também simule um escritório virtual é uma possibilidade de se aproximar dos demais colaboradores com distanciamento físico. Grupos de trabalho em aplicativos de conversa são fundamentais para o alinhamento de processos.

Podcasts

Já pensou em usar o podcast como possibilidade de comunicação atualizada e contínua? Isso mesmo. Quando estamos no escritório, por exemplo, as comunicações informais da liderança “correm” pelos corredores. Com os podcasts é possível dar prosseguimento a isso independente do local.

Disponibilize entrevistas regulares com a liderança sobre as novidades da empresa e o que está acontecendo na organização para manter todos conectados.

Fáceis de produzir e entregar, os podcasts devem ter no máximo 20 minutos. Prepare um cronograma de entrevistas com líderes diferentes, alterne com conteúdos voltados para negócios e outros divertidos. Ofereça, nos grupos de trabalho, a oportunidade compartilhar experiências para aumentar o senso de inclusão. Durante o trajeto para o trabalho, esta pode ser uma ótima maneira de aproveitar o tempo e torná-lo produtivo.

 

O “novo normal” (que já não é tão novo assim) veio para ficar. Alternar entre o home office e o presencial é uma maneira que muitas empresas encontraram para fazer mais sentido para suas realidades.  Construir um ambiente propício e apoiar os colaboradores durante esta mudança é fundamental. A utilização de ferramentas que aprimoram a comunicação e o aprendizado são apenas algumas maneiras de adaptação ao novo estilo de trabalho.

Quer inovar e conhecer as inúmeras possibilidades de manter a sua equipe capacitada? Então, conte-nos quais são os seus desafios em treinamento e desenvolvimento. Conheça nossas soluções.

 

Você também pode gostar

Deixe um comentário