Como aplicar o employee experience no RH?

6 minutos para ler

 

Os colaboradores de uma empresa desempenham um papel fundamental no crescimento de um negócio, não apenas cumprindo suas funções, mas também tornando o ambiente corporativo muito mais colaborativo e atrativo para outros profissionais. Um dos desafios empresariais é aplicar o employee experience no RH.

Bons salários, capacidade de crescimento profissional e horários mais flexíveis já não são suficientes para atrair e reter os melhores profissionais do mercado. O setor de Recursos Humanos deve, também, se preocupar com a maneira com que os colaboradores enxergam e percebem a marca. Ou seja, se eles se sentem valorizados, úteis e satisfeitos em trabalhar em um determinado lugar.

Quer saber como aplicar o employee experience no RH? Então, este artigo é para você. Confira as próximas linhas.

 

O que é o employee experience no RH?

 

O employee experience é o conjunto de ações que uma organização ou empresa promove para entender e promover ações visando o bem-estar e a satisfação de seus colaboradores. Todas as interações que o funcionário realiza com a empresa, desde o processo de seleção até futuras promoções, deve ser pensado de maneira colaborativa, participativa e buscar colocar o colaborador no centro das atenções.

Essa experiência do funcionário deve ser trabalhada como um todo, e não pensada como ações isoladas. Portanto, o employee experience envolve o engajamento do colaborador, uma política de trabalho mais flexível, um pacote de benefícios atraente e um espaço físico atrativo para trabalhar.

Para garantir uma boa experiência, a organização deve se preocupar em tornar os espaços físicos mais atrativos, com bom relacionamento e acessíveis; aderir a tecnologias que tornem a rotina mais otimizada e adotar uma cultura organizacional participativa e inclusiva para todos os colaboradores.

 

Como aplicar o conceito de employee experience no RH?

 

Melhorar a percepção e relação dos colaboradores com a empresa é um processo que deve ser construído e pensado a longo prazo. No entanto, deve ser adotado já nos primeiros contatos entre empresa e funcionário. Desde o primeiro momento a atenção deve ser direcionada para a experiência entre ambas as partes.

Veja, a seguir, algumas boas práticas para ter sucesso ao aplicar o employee experience nas empresas.

 

Dê atenção aos seus colaboradores

 

Busque conhecer os colaboradores e escutá-los. Entender os seus desejos e necessidades é fundamental. Para tanto, peça feedbacks, esteja aberto para ideias e inovações e faça com que se sintam valorizados e pertencentes do desenvolvimento da empresa.

 

Mapeie a jornada do colaborador

 

Entender o caminho que o colaborador percorre na sua jornada profissional dentro da empresa é muito importante. Desde o processo de recrutamento, treinamento, processo seletivo para promoção até o desligamento, deve estar muito claro para a estratégia do setor de RH. Dessa maneira, é mais eficiente de implementar ações participativas e estimulantes.

 

Valorize e estimule os colaboradores

 

A meritocracia é uma forte aliada para que empreendimentos captem os melhores funcionários. Mas não basta dar boas oportunidades de crescimento e recompensar os bons. É preciso criar um ambiente propício para uma competição saudável e igualitária. No entanto, sempre que possível faça com que as boas ações sejam reconhecidas e recompensadas.

 

Qual a relação entre employee experience e experiência do cliente?

 

Os dois modelos de negócios são muito parecidos e estão interligados. Um se preocupa com a experiência e a percepção que os colaboradores têm da empresa; o outro se preocupa com a percepção e relação que os clientes têm ao entrarem em contato com a marca.

Logo, se a empresa oferece facilidades tecnológicas para seus consumidores, os colaboradores devem ser contemplados e beneficiados com inovações tecnológicas durante a jornada de trabalho. Já se a empresa oferece serviços personalizados para os clientes, os colaboradores também devem receber uma atenção personalizada em suas necessidades e aspirações profissionais.

 

Quais erros devem ser evitados ao implementar o employee experience?

 

Com a crescente necessidade de empresas tornarem seu ambiente e proposta de trabalho mais atrativos para captarem os melhores profissionais do mercado, alguns erros foram percebidos. Para que esses erros sejam cada vez menos cometidos, vamos listar agora alguns dos mais comuns. Confira!

 

Não ter empatia com os colaboradores

 

Um negócio que deseja se tornar mais atrativo deve, antes de iniciar a aplicação do employee experience, escutar e entender os seus funcionários. Afinal, ninguém melhor do que eles para mostrar os caminhos certos e tornar a empresa um local mais agradável, competitivo e atrativo.

 

Esquecer que o ambiente profissional é diverso

 

Um ambiente corporativo é constituído de pessoas, e as pessoas são diversas. Portanto, não é possível criar uma jornada de trabalho única, bem como um plano de benefícios padrão ou uma alternativa de remuneração inflexível.

É preciso entender as diferentes aspirações, necessidades e ambições profissionais de cada colaborador e estimular o crescimento individual e coletivo das diversas equipes dentro de um ambiente corporativo.

 

Não trabalhar a cultura organizacional da empresa

 

Valores, missão, estrutura do ambiente de trabalho e rituais de gestão, por exemplo, devem estar alinhados com os valores individuais de cada colaborador. Desde o início do recrutamento isso deve estar bem claro, tanto para o contratante quanto para o candidato.

Esse alinhamento pode tornar o ambiente de trabalho mais leve e prazeroso, garantindo o maior potencial de cada funcionário e ainda mantendo o bem-estar e a saúde mental dos envolvidos.

Transformar a organização em um local desejado por colaboradores é benéfico para tornar a percepção que os clientes têm da empresa mais valorosa e para aumentar o desejo e engajamento de funcionários. No entanto, é uma atividade que deve ser feita durante toda a jornada percorrida pelos colaboradores e deve estar sempre na atenção do setor de RH.

Para realizar uma boa employee experience no RH, é preciso escutar e entender os funcionários, construir uma cultura organizacional consolidada, valorizar e reconhecer os colaboradores e alinhar os objetivos da empresa aos dos contratados. Esse processo pode levar algum tempo para se mostrar eficiente, mas os benefícios serão percebidos e estimulados.

E então, qual dessas ações sua empresa já pratica para conquistar uma boa employee experience? Deixe nos comentários abaixo e vamos falar mais sobre o assunto.

Você também pode gostar

Deixe um comentário