Entenda como usar a educação híbrida em treinamentos corporativos!

7 minutos para ler

 

A educação híbrida já faz parte do crescente universo dos treinamentos corporativos. Afinal, ela proporciona processos mais inovadores e gera mais facilidades nos cursos ofertados aos colaboradores. Contudo, é preciso saber o que é e como funciona.

A integração de momentos presenciais com tutorias e treinamentos online faz com que essa seja uma das melhores maneiras de capacitar os colaboradores. Com o auxílio de ferramentas tecnológicas, é possível dinamizar o aprendizado e gerar benefícios como engajamento, acessibilidade, diminuição de custos e muito mais.

Quer saber como a educação híbrida é utilizada no ambiente corporativo? Então continue a leitura!

 

O que é educação híbrida

 

A educação híbrida, também conhecida como blended learning ou b-learning, é uma metodologia de ensino e de treinamentos que concilia atividades de estudo presenciais com atividades à distância, aderindo ao uso de tecnologias para potencializar o aprendizado.

Com foco no uso de tecnologias de aprendizagem, a educação híbrida é uma alternativa ao tradicional modelo de ensino predominantemente presencial. O b-learning faz a união de aulas e atividades presenciais, com materiais e tutorias no ambiente digital.

A ideia é justamente contornar as dificuldades de realizar cursos e treinamentos desenvolvidos exclusivamente de maneira presencial. Muitas vezes pode ser difícil conciliar o horário disponível dos colaboradores com os horários estipulados para realizar os treinamentos.

Portanto, com essa metodologia, é possível planejar e preparar materiais ricos e diversos para serem acessados de maneira remota, individual, personalizada e nos horários que forem melhores para cada um dos envolvidos. Isso gera facilidades e otimiza todo o processo de aprendizado.

Contudo, a solução não é apenas transferir o ensino tradicional para o ensino remoto. A educação híbrida, por ser um método inovador, faz grande uso de ferramentas e processos tecnológicos em sua estrutura de ensino. Por exemplo, as aulas presenciais podem ser acompanhadas da gamificação ou mesmo a realidade virtual.

O blended learning é uma nova maneira de pensar os cursos e treinamentos, fazendo com que os participantes tenham o máximo de aproveitamento durante os encontros presenciais e possam otimizar o seu aprendizado, complementando as atividades com webnars, fóruns e videoaulas nos momentos que acharem mais produtivos. Excelente solução para treinamentos corporativos, correto? Veja a seguir como implementar essa metodologia de ensino nas empresas.

 

Como utilizar a educação híbrida em treinamentos corporativos

 

É cada vez mais perceptível a necessidade de realizar capacitações no ambiente corporativo. Essas capacitações buscam aperfeiçoar os conhecimentos dos colaboradores, melhorar os processos internos e externos, bem como atrair uma rede de talentos e gerar os melhores resultados para a empresa.

A educação híbrida, portanto, irá conciliar o ensino realizado dentro do ambiente empresarial de maneira presencial, com aulas e cursos online que podem ser realizados de maneira remota e em qualquer lugar escolhido pelo colaborador.

A tecnologia terá papel fundamental dentro desses espaços de ensino. Utilizando algumas ferramentas disponíveis no mercado, é possível oferecer capacitações de maneira mais lúdica, visual, interativa e dinâmica, e fazer com que os envolvidos percebam que fazem parte de um conjunto, e que suas ações reverberam no resultado final da empresa.

Ainda com o uso de tecnologias diversas, haverá o momento em que os colaboradores e participantes dos treinamentos realizarão parte da grade de aprendizado de maneira remota. Esse momento de ensino à distância permite que os colaboradores aprendam nos horários que acharem mais produtivos e possam dar continuidade aos estudos em qualquer lugar.

Por ser um sistema de educação integrado, é preciso reestruturar a metodologia de ensino e os treinamentos. Portanto, o primeiro passo é fazer um planejamento de todo o processo. Para tal, considere os seguintes pontos:

 

  • traçar um plano estratégico de infraestrutura educacional;
  • estipular a orientação pedagógica;
  • definir a composição dos educadores;
  • estabelecer um cronograma de ensino;
  • estipular os critérios de avaliação;
  • monitorar os resultados.

 

Existem duas maneiras muito eficientes de utilizar a educação híbrida em ambiente corporativo: de forma síncrona e assíncrona.

 

Modelo de ensino síncrono

 

O modelo síncrono é o realizado em tempo real. O objetivo é aproveitar a presença de colaboradores e tutores, em um ambiente físico ou digital, para realizar uma interação entre eles. Com discussões, atividades em conjunto e exercícios práticos, é possível estimular a resolução de problemas e incentivar o engajamento do grupo e o trabalho em equipe.

A inovação também deve estar presente nesse momento. Não basta utilizar os tradicionais modelos de ensino. Portanto, os webnars, salas de bate-papo, fóruns, atividades lúdicas e gamificação podem ser utilizados, o importante é que os participantes estejam conectados ao mesmo tempo.

 

Modelo de ensino assíncrono

 

Esse modelo não exige a participação de todos os envolvidos em tempo real. Esse momento de aprendizado é feito de maneira individual e pode ser personalizado. O conteúdo é disponibilizado em diversos formatos para todos os participantes, mas cada um decide o melhor momento para acessá-los.

Com essa flexibilização de ensino, cada participante decide qual o melhor horário e local para realizar determinada etapa do treinamento. Com o auxílio de ferramentas como o mobile learning, microlearning e plataformas digitais, o aprendizado pode ser potencializado e melhor assimilado.

 

Benefícios da educação híbrida em treinamentos corporativos

 

Agora que já sabemos o que é a educação híbrida e como ela funciona, é hora de entender os diversos benefícios que ela proporciona quando utilizada em ambiente empresarial. Veja a seguir!

 

Acessibilidade

 

Por utilizar modelos de ensino à distância, o blended learning torna os treinamentos e cursos muito mais acessíveis a todos os colaboradores, que precisarão apenas de acesso à internet. Sem precisar interromper o horário de trabalho, o desempenho das equipes não é prejudicado. As aulas podem ser feitas totalmente online e ficarão disponibilizadas em uma plataforma digital.

 

Engajamento

 

Com treinamentos mais dinâmicos, os profissionais envolvidos podem ter uma participação mais ativa e se sentirem mais envolvidos com os conteúdos. Espaços para discussão são abertos e a tecnologia pode complementar os conteúdos ensinados.

 

Economia

 

Com as aulas online, não há a necessidade de espaços físicos e nem de locomoção dos funcionários. Um mesmo conteúdo pode ser disponibilizado para diversas regiões e o horário de trabalho não precisa ser interrompido, o que poderia causar uma possível diminuição do rendimento da empresa.

As capacitações serão cada vez mais constantes no ambiente corporativo. Logo, as empresas se tornam mais competitivas e podem atrair uma base de talentos muito mais qualificada. É preciso oferecer treinamentos que alcancem resultados mais expressivos e de qualidade.

A educação híbrida já é uma realidade e deve ser pensada para todo o ambiente empresarial. Por integrar momentos presenciais e momentos individuais, é possível transmitir o conhecimento de maneira mais eficiente. O uso de tecnologia faz com que os momentos de aprendizagem sejam mais acessíveis, inclusivos, dinâmicos e eficazes.

Quer ficar por dentro de mais conteúdos como esse e se manter sempre atualizado? Então assine agora mesmo nossa newsletter.

Você também pode gostar

Deixe um comentário