Entenda o que é uma Plataforma LXP

 

Neste conteúdo você irá saber o que é um LXP, como ele funciona, e como aplicá-lo em sua empresa.

Nos últimos anos, o cenário de treinamento corporativo tem visto muita inovação. Abordagens mais intuitivas, interativas, dinâmicas, pontuais e relevantes estão surgindo e se tornando populares nas empresas. Assim, foram criadas as Learning Experience Platform (LXPs).

Mas você sabe o que é um LXP?

Basicamente, é uma plataforma de aprendizado. No entanto, ele vai além dos tradicionais sistemas online, criando experiências mais personalizadas e ajudando os usuários a descobrir novas oportunidades de aprendizado.

Ficou interessado? Saiba mais sobre esse conceito logo abaixo. Vamos explicar o que é um LXP, como funciona e em quais pontos ele se diferencia dos demais sistemas de aprendizado, além de conferir algumas dicas que vão te ajudar a escolher um LXP para o seu negócio. Acompanhe!

 

O que é um LXP? 

 

Qual sensação você teria ao abrir a página de um treinamento corporativo e se deparar com cursos obrigatórios para concluir na semana vigente com base em sua função atual? Ou com categorias para prepará-lo para uma promoção, além de muitas informações seguidas de pequenos questionários?

Para alguns usuários, essa plataforma pode passar a sensação de obrigatoriedade e não de um espaço para aprender novas habilidades e adquirir conhecimentos valiosos. Diante disso, as empresas que oferecem treinamentos para seus colaboradores perceberam a necessidade de mudanças para proporcionar uma melhor experiência de aprendizagem.

Então, houve uma percepção da necessidade de oferecer um ambiente mais diversificado e completo. E, mais do que isso, um ambiente com foco nas necessidades da empresa aliadas com os interesses dos colaboradores. É isso o que oferece um LXP.

O Learning Experience Platform (LXP) ou Plataforma de Experiência de Aprendizagem, em português, é um sistema de aprendizado que se concentra em oferecer uma experiência personalizada para o usuário, prometendo ser a grande novidade para os treinamentos corporativos.

Trata-se de um sistema de entrega de conteúdo, que facilita a localização e o consumo de informações atuais, o que significa que seus recursos podem ser mais bem aproveitados pelos usuários.

O ambiente de aprendizado de um LXP é semelhante ao Netflix, onde os usuários são atraídos para um espaço que combina diferentes tipos de conteúdo e faz recomendações com o apoio da inteligência artificial, fornecendo um aprendizado altamente personalizável para qualquer pessoa que utilize a plataforma.

O LXP não só recomenda conteúdos de maneira inteligente, mas proporciona vários meios de aprender por meio de funcionalidades interessantes. Para descobri-las, precisamos entender melhor como um Learning Experience Platform (LXP) funciona. Então, confira o próximo tópico. Vamos lá!

 

 

Como o LXP funciona?

 

Para entendermos como o Learning Experience Platform (LXP) funciona, precisamos compará-lo com um sistema de aprendizado online tradicional, como o LMS. A princípio, eles podem parecer semelhantes, pois são usados para programas de aprendizado corporativo e fornecem opções para acompanhar o progresso dos usuários.

Mas o que os diferencia? Vamos ver com mais detalhes a seguir:

 

Experiência centrada no usuário

 

Os LMS tradicionais são centrados nas atividades administrativas. Ou seja, os gestores escolhem quais são os cursos e módulos dos treinamentos a serem disponibilizados para os colaboradores. Nessas plataformas, as necessidades e os interesses de aprendizagem nem sempre são considerados.

Já o LXP permite que o usuário escolha o conteúdo com o qual deseja se envolver, pois tem à sua disposição uma grande variedade de temas e tipos de conteúdo, como artigos, podcasts, blogs e vídeos. Além do mais, possibilita que ele crie sua própria lista de reprodução e adicione materiais na plataforma.

 

Socialmente inclusivo 

 

É comum no LMS encontrar chats e fóruns de discussão para que os usuários possam interagir. Já o LXP vai além disso: ele também pode ser integrado com outros sistemas, como as mídias sociais, por exemplo, com o objetivo de aumentar o engajamento entre os colegas de trabalho.

Dessa forma, as pessoas podem tirar dúvidas em tempo real ou buscar conteúdos para sanar dúvidas no momento em que precisam. Sem contar que os colaboradores podem compartilhar o conhecimento entre si, criando uma comunidade de aprendizagem e aumentando a motivação pessoal.

 

Compartilhamento de conteúdos

 

Um LMS é um sistema fechado que não integra recursos de aprendizado externo. Apenas os administradores podem adicionar conteúdos.

Já o LXP é um sistema aberto. Isso significa que todos os usuários podem adicionar conteúdos, aumentando rapidamente a biblioteca de materiais disponíveis. Na era digital, onde as necessidades de aprendizado mudam constantemente, isso é essencial. Assim, é possível acessar novas habilidades e conhecimentos sem demora.

 

Como escolher um LXP? 

 

Se a sua empresa está considerando escolher um LXP para oferecer uma experiência diferenciada para os colaboradores, é preciso estar atento a alguns detalhes. Confira a seguir o que ele precisa ter e encontre o modelo mais adequado para o seu negócio.

 

Personalização do conteúdo

 

O LXP permite a personalização do conteúdo de acordo com o histórico de navegação na plataforma e com o perfil do usuário. Por isso, na hora de escolher sua plataforma, verifique se ela possui inteligência artificial e machine learning que permitem essa personalização.

 

Suporte para vários tipos de aprendizado

 

Oferecer uma grande variedade de conteúdos também é um dos diferenciais do LXP. Por isso fique de olho na capacidade do sistema de suportar diferentes tipos de aprendizado por meio de abordagens como gamificação, microlearning, vídeos , podcast, artigos, dentre outros.

 

Interface altamente intuitiva 

 

Todo LXP entrega uma interface altamente intuitiva. Um modelo intuitivo é aquele que, além de ser fácil de usar e de se aprender, também agrada o usuário visualmente. Portanto, vale a pena prestar atenção em tudo isso.

 

Recursos de integração abrangentes

 

A aprendizagem no LXP deve ser promovida por meio de recursos que podem ser integrados a ele. Desta forma uma plataforma LXP possuí a capacidade de se conectar com diversos provedores de conteúdos e outros sistemas já existentes na sua empresa.

Por fim, lembre-se de que a escolha de uma plataforma LXP vai muito além dos aspectos técnicos. Você precisa ter uma estratégia de aprendizagem bem clara e definida para toda a empresa. Para tanto, identifique os objetivos organizacionais e faça o levantamento das necessidades de aprendizagem.

Também converse com os gestores e os envolva na escolha da ferramenta, além de entender a opinião dos usuários sobre o novo modelo de treinamento.

Feito isso, na hora de escolher o fornecedor, considere o suporte oferecido durante e após a implementação do seu LXP.

Hoje, mais do que nunca, os profissionais buscam um aprendizado personalizado e voltado para as suas necessidades e desejos. Como vimos, a Plataforma de Experiência de Aprendizagem leva isso em consideração.

Agora que você já sabe o que é um LXP que tal usar essa ferramenta para transformar a aprendizagem em sua empresa?

Aproveite e baixe nosso novo E-Book sobre o impacto da transformação digital na educação corporativa. Boa leitura!

 

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *